Governador destaca redução da criminalidade no Paraná

Em evento com o presidente Jair Bolsonaro, para o lançamento do CIISPR-Sul, Ratinho Junior relatou a redução de 32% o número de homicídios e queda nos latrocínios e roubos de carros no primeiro quadrimestre.

O governador Carlos Massa Ratinho Junior destacou, nesta sexta-feira, que as forças de segurança do Paraná conseguiram reduzir em 32% o número de homicídios nos primeiros 120 dias deste ano, na comparação com o mesmo quadrimestre do ano passado. No mesmo período, o número de roubos seguidos de mortes caiu 46%, marcando uma das principais reduções do país. Segundo Ratinho Junior, o índice de roubo de carros também teve queda no quadrimestre, com redução de 38%. O relatório completo sobre a diminuição da criminalidade no Estado deve ser divulgado na próxima semana. Os dados foram apresentados logo após a abertura das operações do CIISPR-Sul, Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública – Regional Sul, em cerimônia que contou com a participação do presidente Jair Bolsonaro e do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sério Moro. Segundo Ratinho Junior, a segurança é um foco de todos que estão na vida pública. O centro paranaense vai integrar 70 bases de dados e será composto por um coordenador da Diretoria de Inteligência da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública, e representantes das secretarias de Segurança Pública, das polícias Civil e Militar e do sistema penitenciário dos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Localizado em Curitiba, o centro passa a operar como um hub de inteligência para controle de operações conjuntas. A vice-governadora de Santa Catarina, Daniella Reiner, avaliou que o CIISPR – Sul representa um passo concreto rumo ao combate ao crime organizado. A estrutura já conta com 12 agentes, sendo quatro policiais militares, três policiais civis, um deles especializado em Tecnologia da Informação, dois representantes do Rio Grande do Sul, dois representantes de Santa Catarina, e um militar do Ceará, que foi fornecido pela Secretaria Nacional da Segurança Pública para auxiliar no local. Ele contará também com integrantes das áreas de inteligência da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Departamento Penitenciário Nacional e Agência Brasileira de Inteligência. Entre as principais funções do CIISPR - Sul está a coleta, análise e disseminação de inteligência para as secretarias de Segurança Pública. Os agentes vão produzir conhecimentos estratégicos e terão acesso integrado de conteúdos pertencentes às bases de dados de diversas instituições. Além da região Sul, também está em operação o Centro Integrado Regional Nordeste, com sede em Fortaleza, e até o final do ano será entregue o da região Norte, com sede a definir.

Comentários