STJD pune organizadas de Athletico e Coritiba por confusão no Paranaense 2018

O Londrina vai apresentar as novas camisas para a temporada 2019. Guilherme Santos foi anunciado pelo Paraná Clube. Coritiba não conseguiu segurar o Vasco e acabou derrotado. Confira no Giro Esportivo.

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) determinou a proibição da entrada de torcedores de Athletico e Coritiba, com objetos relacionados às suas torcidas organizadas, por dois jogos do Paranaense. A decisão do STJD é em resposta ao recurso da decisão do Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná (TJD-PR) à punição pelos arremessos de bomba entre as torcidas no Atletiba do Paranaense, em 2018.

Londrina

O Londrina vai apresentar as novas camisas que serão utilizadas durante a temporada 2019. O evento será realizado hoje em um shopping da cidade, com início previsto às 20 horas noite. De acordo com o clube, serão apresentados os três novos uniformes dos jogadores de linha e também o novo modelo que será utilizado pelos goleiros. A camisa principal vai manter o tradicional listrado em azul celeste e branco. Nos modelos 2 e 3, um será todo branco e o outro inteiro em azul.

Paraná Clube

O lateral-esquerdo Guilherme Santos foi anunciado pelo Paraná Clube. O jogador de 30 anos foi revelado no Vasco e estava no Paysandu desde setembro do ano passado. Baiano de Jequié, ele também tem passagens por clubes como Atlético-MG, Santos, Fluminense e Fortaleza. Fora do Brasil, jogou na Espanha, Japão e no Chipre.

Coritiba

Coritiba não conseguiu segurar o Vasco e acabou derrotado por 3×0 em partida válida pelas oitavas de final da Copa São Paulo de Futebol Júnior. O Coxa era o último representante do Paraná que ainda estava disputando a competição. Aos 19 da segunda etapa, em um lance que gerou muita reclamação do Coxa, o árbitro marcou pênalti pro Vasco. Na cobrança, Lucas Santos fez 1×0. Aos 32, após cobrança de escanteio, Bruno Gomes subiu sozinho pra ampliar a vantagem. O Coxa sentiu o baque e aos 40, tomou mais um, outra vez de Lucas Santos.

 

Comentários