Cláudia Silvano permanece no Procon

Cláudia Silvano permanece no Procon, tem novo comando no Corpo de Bombeiros e informações sobre as inscrições para o Sisu que começam hoje. Confira no Giro de Notícias.

O futuro secretário da Justiça, Família e Trabalho do Paraná, Ney Leprevost, publicou um vídeo nas redes sociais ao lado a diretora do Procon-PR, Cláudia Silvano. No vídeo, Leprevest, que assume a pasta em fevereiro, convidou Cláudia a permanecer no comendo do Procon. Cláudia aceita o desafio, agradecendo o convite. Formada em Direito, Cláudia ficou conhecida por suas diversas aparições na televisão, quando aparecia promovendo a defesa do consumidor e usando suas roupas nem um pouco usuais. Claudia se tornou um fenômeno na internet pelo seu jeito descontraído, mas também pela força na defesa dos direitos do consumidor.

Novo comandante

O corpo de bombeiros tem novo comandante o coronel Samuel Prestes que assume coma missão de dar mais agilidade ao atendimento à população nas solicitações e análises de projetos, vistorias e fiscalizações é uma das principais metas do Corpo de Bombeiros do Paraná nesta gestão. Ele assumiu o Comando do Corpo de Bombeiros, em substituição ao coronel Antônio Carlos de Morais, que é subcomandante geral da Polícia Militar e ocupava interinamente o comando do Corpo de Bombeiros. Na mesma solenidade, o governador Ratinho Junior anunciou o coronel Ricardo Silva, também do Corpo de Bombeiros, como novo coordenador estadual de Proteção e Defesa Civil, órgão que agora passa a integrar a Secretaria de Estado da Segurança Pública. O novo coordenador atuava como chefe do Estado-Maior do Corpo de Bombeiros Paraná.

Inscrições Sisu

As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) começam nesta terça-feira (22) e vão até sexta (25). No momento da inscrição é possível escolher até duas opções de cursos. A lista das vagas pode ser consultada no site do programa. O resultado será divulgado no dia 28. E a matrícula de quem for selecionado deve ser feita a partir de 30 de janeiro até o dia 4 de fevereiro.

Comentários