Começa a campanha Maio Amarelo para a redução de mortes no trânsito

Campanha 2019 tem foco nas crianças para influenciar pais a adotarem comportamento seguro. No Paraná foram 2.338 óbitos em 2018. A Secretaria da Saúde participa com o Programa Vida no Trânsito.

Começou nesta quinta-feira, em todo o Paraná, a campanha Maio Amarelo, que tem o objetivo de diminuir o número de acidentes no trânsito e preservar a vida. Este ano, o tema é “Maio Amarelo - no trânsito, o sentido é a vida”. A campanha apela para o poder das crianças em influenciar o comportamento dos pais. A conduta responsável busca diminuir a taxa de mortalidade nos acidentes de trânsito no Estado, que é de cerca de 20%. No ano passado, foram 2.338 mortes. O vice-governador Darci Piana participou do lançamento da campanha, realizado no auditório da PRF, a Polícia Rodoviária Federal, em Curitiba. Ele afirmou que o alto número de mortes reforça a importância de se ter uma maior responsabilidade nas ruas. De acordo com o Ministério da Saúde, foram registradas mais de 37 mil mortes por acidentes de trânsito em 2016 no país, última contagem fechada pelo órgão. Segundo dados do SUS, cerca de 60% dos leitos hospitalares são ocupados por vítimas do trânsito. O diretor do Detran Paraná, Cesar Kogut, afirma que é preciso ter mais sensibilidade com este assunto. No Paraná, o número de acidentes de trânsito com mortes caiu 8% em no ano passado, em relação ao mesmo período de 2017. No entanto, o número de mortes aumentou 3% entre os motociclistas, chegando a 680 mortes, e 47% entre os ciclistas, um total de 144 mortes. O vice-presidente do Observatório Nacional de Segurança Viária, Mauro Gil, destacou a força da criança como canal de influência da família, neste que será o foco da campanha atual. A campanha Maio Amarelo envolve o Comitê Trânsito Seguro, que reúne Detran Paraná, Batalhão de Trânsito da Polícia Militar, Polícia Rodoviária Estadual, secretarias municipais de trânsito e o Observatório Nacional de Segurança Viária. O comandante-geral da Polícia Militar do Paraná, coronel Péricles de Matos, afirmou que é preciso que a sociedade faça uma reflexão sobre o alto número de acidentes de trânsito. Vão ser realizadas em todo o Paraná palestras, blitz educativas e atividades de fiscalização. As ações seguem até o final do mês, quando acontece o Sétimo Fórum de Mobilidade Urbana, nos dias 30 e 31, no Parque Barigui, em Curitiba. O Maio Amarelo acontece em 27 países e 423 cidades diferentes. O mês de conscientização foi lançado em 2014 em uma iniciativa da Organização das Nações Unidas.

Comentários