Polícia Civil alerta sobre dengue no Litoral

Policiais que trabalham na Operação Verão Maior estão distribuindo panfletos explicativos nas delegacias do Litoral do Estado, estimulando os veranistas a aderirem à campanha contra a dengue e a protegerem suas casas.

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) está distribuindo panfletos explicativos nas delegacias do Litoral do Estado. A ação faz parte da campanha de combate a dengue no Paraná. O objetivo é incentivar a população a eliminar criadouros do mosquito que transmite a doença.

Além da distribuição do material preventivo, os policiais civis que trabalham na Operação Verão Maior estão estimulando pessoas que passam pela delegacia a aderir à campanha contra a dengue, mobilizando veranistas a proteger suas casas.

As orientações são: limpar locais que possam ter foco do mosquito, observar ralos, calhas, caixas d’água, pneus, garrafas e suas tampas, latas, potes, pratos de vasos de plantas e demais objetos pequenos que acumulem água e o mosquito tenha capacidade de colocar ovos e se tornar um criadouro.

O MOSQUITO - O mosquito é pequeno e silencioso, se reproduz espalhando ovos em locais onde tem água parada. Seus ovos são resistentes, nascem em uma semana e vivem até trinta dias. Atacam no início da manhã ou no fim da tarde.

A DOENÇA - A dengue é uma doença muito grave podendo causar a morte. Os sintomas são: febre alta, dor de cabeça muito forte, dor atrás dos olhos, manchas vermelhas no corpo, tonturas, náuseas, vômitos, cansaço e dor nas articulações. Os sinais de que a doença já está em estágio avançado e com muita gravidade são fortes dores abdominais, sangramento no nariz, gengiva e boca seca. Se estes sintomas forem detectados, a pessoa deverá procurar ajuda imediatamente.

TRANSMISSÃO - A doença é transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti, o qual é responsável pela transmissão de três doenças: dengue, zika e chikungunya.

Comentários