Paraná tem aumento de empresas cadastradas no Ministério do Turismo

Houve crescimento de 23,2% no número de inclusão no Cadastur. Ações do Governo do Estado para incentivar o setor e conscientização do empresário são apontadas como fator para esse desempenho.

O Paraná registrou em 2019 crescimento no número de empresas e guias no Cadastur – sistema do Ministério do Turismo de cadastro de pessoas físicas e jurídicas que atuam no setor. Segundo dados do Ministério, em 2018 eram 5.097 empresas cadastradas. Em 2019 o número passou para 6.280, um crescimento de 23,2%.

Para a diretora técnica da Paraná Turismo, Isabella Tioqueta, as prioridades dadas pelo Governo do Estado ao desenvolvimento do setor, além da conscientização do empresário, foram fundamentais para esse desempenho.

“A prioridade que o Governo do Estado tem dado ao turismo fortalece e garante apoio ao empresário. O Cadastur traz essa possibilidade porque ele tem a obrigatoriedade em relação aos meios de hospedagem, agência de turismo, organizadores de eventos e outros”, afirma Isabella.

Os números mostram que, do percentual de aumento, 28,8% são novas agências de turismo. Também, o número de meios de hospedagens inscritos no Cadastur cresceu quase 25% no ano passado em relação ao ano de 2018, acompanhando significativos crescimentos nos outros segmentos, como, organizadora de eventos (38,8%) e transportadora turística (17,6%).

Segundo a Lei do Turismo, sete atividades turísticas devem possuir cadastro obrigatório: guias de Turismo, agências de viagens, meios de hospedagens, transportadoras, empresas organizadoras de eventos, acampamentos turísticos e parque temáticos.

COOPERAÇÃO - A Paraná Turismo é o organismo credenciado pelo Ministério do Turismo, através de cooperação, para cadastrar as empresas, empreendimentos e serviços turísticos no Paraná. Para realizar o cadastro é só acessar www.cadastur.turismo.gov.br e seguir o passo a passo. O cadastro do Ministério do Turismo é totalmente gratuito.

Para facilitar ainda mais a realização do cadastro, foi lançado ano passado o Cadastur 3.0, que possibilitou a inscrição eletrônica, feita em uma interface interligada ao banco de dados da Receita Federal, oferecendo menos burocracia e mais rapidez para quem deseja estar formalizado.

Comentários