10 mil conseguiram emprego pelas Agências do Trabalhador

Além da ação proativa na captação de vagas para intermediação, puxaram o bom desempenho os setores de abates de aves e suínos e fumageiro, que não interromperam as contratações.

Mesmo com a suspensão do atendimento presencial a partir do dia 19, as Agências do Trabalhador do Paraná colocaram 10.286 mil trabalhadores no mercado em março. Além da ação proativa na captação de vagas para intermediação, puxaram o bom desempenho os setores de abates de aves e suínos e fumageiro, que não interromperam as contratações.

Em março de 2019, 7.547 pessoas foram colocadas no mercado pelas Agências do Trabalhador.

O atendimento de cada Agência do Trabalhador do Estado é feito pelas prefeituras municipais, com supervisão do Governo do Estado – exceto a de Curitiba, que é de responsabilidade do Departamento do Trabalho da Sejuf.

As cidades que mais colocaram trabalhadores no mercado em março foram Curitiba (527), Cascavel (423), Marechal Cândido Rondon (295), Rio Negro (272) e São José dos Pinhais (265).

ATENDIMENTO ONLINE - Com o atendimento presencial suspenso os empresários e trabalhadores de todo o Paraná, que procuram ou ofertam vagas, podem utilizar o site empregabrasil.mte.gov.br ou pelo aplicativo Sine Fácil (disponível gratuitamente para celulares Androide e iOS).

A Agência do Trabalhador de Curitiba continua atendendo pelo telefone, ajudando na intermediação de vagas online e tirando dúvidas dos trabalhadores. Os telefones são: 41-3883-2214 (Seguro Desemprego), 41-3883-2218 (vagas) e 41-3883-2207 (empresas).

 

BOX

Paraná foi o 1º do ranking nacional em 2019

O Paraná foi o Estado que mais ofertou vagas pelas Agências do Trabalhador em todo o país em 2019. Segundo dados recém-divulgados pela Secretaria de Políticas Públicas de Emprego do Ministério da Economia, foram mais de 158.727 vagas oferecidas no ano em todo o Estado, para aproximadamente 174 mil trabalhadores inscritos.

Os indicadores obtidos foram analisados e apresentados de acordo com o esforço na captação de vagas; adequação do perfil das vagas e pela eficiência nos encaminhamentos e do seguro desemprego.

Comentários