Paraná terá segunda ponte ligando Brasil e Paraguai

Investimento foi confirmado pelo presidente Jair Bolsonaro em Foz do Iguaçu, na posse do diretor-geral brasileiro de Itaipu. O papel estratégico da usina binacional foi destacado pelo presidente o governador em exercício Darci Piana.

A importância estratégica da Itaipu Binacional para o desenvolvimento do Paraná e do Brasil foi destacada pelo presidente Jair Bolsonaro e o governador em exercício Darci Piana nesta terça-feira, em Foz do Iguaçu. Eles participaram, juntamente ao presidente do Paraguai, Mário Abdo Benítez, da solenidade de posse do novo diretor-geral brasileiro da empresa binacional, Joaquim Silva e Luna. Bolsonaro confirmou a construção da nova ponte ligando o Brasil ao Paraguai, sobre o Rio Paraná, em Foz. Jair Bolsonaro reforçou que a parceria entre Brasil e Paraguai, pelo Paraná, possibilitará a construção da nova ponte, novos eixos comerciais e que a nova direção da Itaipu está compromissada com o desenvolvimento econômico do país. O papel da cooperação entre a binacional, o Governo do Estado e o setor produtivo foi definida pelo governador em exercício Darci Piana como estratégica para o desenvolvimento do Oeste do Paraná e de todo o Estado. Já o presidente do Paraguai destacou a produtividade da Itaipu e classificou o empreendimento como o maior do mundo na área de energia elétrica. No discurso de posse, o novo diretor-geral brasileiro, Joaquim Silva e Luna, citou que o principal papel da Itaipu é produção e geração de energia elétrica, e este foco gera a melhoria de vida dos dois países-irmãos. Para o ministro de Minas e Energia, almirante Bento Albuquerque, a escolha de Luna atende a uma demanda por desenvolvimento econômico. Ele reforçou a importância da Itaipu para o avanço social do Brasil e do Paraguai. Recordista em geração de energia no mundo, com mais de dois bilhões e 600 milhões de megawatts-horas acumulados desde o início das operações, em 1984, a Itaipu conta com um orçamento anual da ordem de três bilhões e 500 milhões de dólares. Em termos turísticos, a Itaipu também é uma gigante brasileira, tendo ultrapassado a marca de milhão de visitantes no ano passado, recorde anual de visitação, e com registro de mais de 22 milhões de visitantes desde a fundação. Além de Joaquim Silva e Luna, também foi empossado o novo diretor financeiro executivo da empresa, vice-almirante Anatalício Risden Júnior. Eles substituem Marcos Vitório Stamm e Mário Antônio Cecato, respectivamente. O mandato tem validade até 16 de maio de 2022. Luna esteve à frente do Ministério da Defesa em 2018 e tem experiência em planejamento estratégico, orçamento e gestão de projetos.

Comentários