Relatório mostra queda no número de homicídios no Paraná no ano passado

Integração entre as polícias e todos os outros órgãos que compõem a segurança pública é apontada como principal fator para a redução. Em 2018 foram 1.955 casos, o menor índice desde 2007, ano em que os dados começaram a ser contabilizados.

Relatório da Secretaria de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária mostra queda no número de homicídios dolosos no Paraná. No ano passado, foram 1.955 casos, o menor índice desde 2007, ano em que os dados começaram a ser contabilizados oficialmente. A redução é de mais de 10% em comparação a 2017, que registrou 2.187 ocorrências e era, até então, o menor número do período. Em relação a 2007, o resultado do ano passado representa queda de 26%. A taxa de homicídios por 100 mil habitantes foi de 17%. Dos 399 municípios do Paraná, 146 não registraram homicídios entre janeiro e dezembro do ano passado, e 113 registraram apenas um ou dois homicídios no período. Os números foram divulgados pela Coordenadoria de Análise e Planejamento Estratégico da Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária, nesta semana. Curitiba registrou 293 homicídios no ano passado, uma queda de 21% em relação a 2017. Já na 2ª Área Integrada de Segurança Pública de São José dos Pinhais, que compreende 22 municípios da Região Metropolitana da capital, a redução foi de 17%. Segundo o secretário da Segurança Pública e Administração Penitenciária, Luiz Felipe Carbonell, a integração entre as polícias e todos os outros órgãos que compõem a segurança pública foi um dos fatores que contribuíram para a redução da criminalidade no Estado. O delegado-geral da Polícia Civil, Silvio Rockembach, cita dois fatores que contribuíram para a redução de homicídio ao longo dos anos. Segundo dados do relatório divulgado nesta semana, as maiores reduções ocorreram na 20ª Área Integrada de Segurança Pública de Londrina, com cinco municípios. A queda foi de 46%. Em seguida, está a Área Integrada de Cascavel com 22 cidades e redução de 30%; de Rolândia com 16 municípios, e queda de 24%; de Apucarana com 26 cidades e queda de 22% e de Jacarezinho com 22 municípios e redução de 21% no índice.

Comentários